ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

16 Razões para você não perder peso

Se você tem exercitado com certa frequência, pode até ter perdido gordura e ganhado músculos, mas os ponteiros da balança não saíram do lugar. Descubra algumas dicas para saber se está no caminho certo.

1 Você acha que está comendo saudável, mas não está

A sua dieta tem produtos com muito ou nenhum carboidrato? Se você quiser ter energia, precisa de comida de verdade. Beber litros de refrigerante diet ou light, pratos de cereais recheados de fibras, pães e massas integrais não fazem parte de uma alimentação ideal. Você só está alimentando um vício e consumindo calorias sem nenhum valor nutricional. Desconsidere os rótulos: essas porcarias não são comidas e você não deveria estar comendo isso.

2 Você está estressado

O estresse emocional, estresse físico e estresse financeiro, todos eles induzem o organismo a produzir cortisol, o hormônio que retira energia dos músculos, piora a resistência à insulina e promove o armazenamento de gordura. O nosso corpo responde a uma quantidade de trabalho da mesma maneira. Dê um passo para trás de sua vida e faça um balanço de seus níveis de estresse – isto pode estar influenciando em sua perda de peso.

3 Preste atenção em sua ingestão de carboidratos

Carboidratos são essenciais, especialmente quando você tem peso a perder. Tome cuidado com os alimentos processados, pois há açúcares escondidos neles. Algumas frutas também contêm carboidratos em excesso.

4 Você está ganhando músculos

As pessoas não devem ficar neuróticas com a balança. As atividades físicas estimulam a perda de gordura, mas também promove o ganho de músculo e melhora a densidade óssea. Se você está se sentindo bem, mas não consegue ver quaisquer melhorias na balança? É mais provável que tenha ganhado músculo extra nos treinamentos de resistência. Para ter registros mais verdadeiros em seu progresso, faça um teste de percentual de gordura corporal ou tente medir sua cintura, coxas, braços e peitoral.

deltoide-escultural

5 Você não está treinando o suficiente

Você está em um ritmo lento de treinamento de três a cinco horas por semana? Lembre-se: o treinamento quase diário de baixa intensidade (entre 55% a 75% da capacidade cardíaca) tem que ser sua base para reduzir as medidas com atividade física.

É fácil de fazer isto, pois qualquer movimento conta e não há um grande uso das suas reservas de glicogênio (ocasionando uma queima de gordura pura e não só uma queima de açúcar). Se você não é um principiante em atividade física, aumente a carga horária acima das 5 horas semanais.

6 Você está com overtraining

O excesso também pode prejudicá-lo. Quando você ficar acima de 75% de sua frequência cardíaca máxima por longos períodos de tempo, você está queimando glicogênio. Seu corpo, por sua vez, precisa ainda de mais açúcar para reabastecer os perdidos e você consome carboidratos, preferencialmente de alta carga glicêmica e rápida absorção.

Você pode continuar por esse caminho, mas você vai ganhar peso, perder músculo, liberar mais cortisol, e comprometer qualquer progresso que tenha feito até agora em relação ao peso e medidas.

7 Você não abandonou os maus hábitos

Você pode mentir para os outros, mas não para você mesmo. Alguns maus hábitos alimentares estão persistindo. Você não resiste a batata frita? Excede o consumo alcoólico muitas vezes? Não abandonou o refrigerante? Identifique seus pontos fracos e tente modificá-los. Avise seus familiares, amigos, torne o problema público para você ter mais força e não cair em tentação. Isto ajudará a entrar no caminho certo.

8 Você não eliminou as comidas calóricas da sua dispensa

Faça uma limpa em sua dispensa, mantenha-se longe da junk food na sua casa e na rua. Não deixe entrar em casa os alimentos indesejados.

9 Você chegou no seu peso ideal

Pode ser que seu corpo atingiu o seu peso “ideal” (homeostase) – ou seu equilíbrio genético. Você pode, muito bem, alcançar este nível sem necessariamente atingir seu objetivo desejado de fitness.

As mulheres, especialmente, tendem a atingir a homeostase saudável em níveis mais elevados de gordura do corpo. Quebrar esta estabilização do peso pode ser difícil, mas a estabilidade comandada apenas pelo seu corpo é quase impossível. Provavelmente você terá que regular os carboidratos, níveis de atividade, sono e estresse. Se tudo mais estiver de acordo, você pode ter atingido uma homeostase saudável. Então, fica a pergunta: você quer mexer com algo que já está bom?

10 Você está com pouca força de vontade

A força de vontade é como um músculo. Se não for usada, vai atrofiar. Você também tem de fornecer combustível para a sua vontade, como traçar pequenos objetivos para alcançá-los. Um exemplo é optar por uma caminhada se você não estiver disposto a treinar na academia.

Preste atenção que força de vontade, ou a falta dela, pode realmente ser um indicador das necessidades do seu corpo. Se você realmente não está a fim de treinar, pode ser que seu corpo precise se recuperar. Quando esse é o caso, o overtraining (treino excessivo) é um perigo maior do que a falta de vontade.

11 Você arranja desculpas demais

Muitas pessoas têm pouco tempo para treinar, exercitar ou mesmo manter uma alimentação saudável, mesmo assim arranjam tempo para manter uma vida saudável. Planeje-se e livre-se das desculpas.

12 Você não está dormindo o suficiente

Níveis crônicos de privação de sono causam a liberação de cortisol, que causa o acúmulo de gordura no corpo. O maior pico sanguíneo do hormônio de crescimento (que queima gordura) ocorre em sono profundo. Um estudo recente mostrou que más noites de sono estão ligadas ao ganho de peso. Sete a oito horas de sono por noite é o ideal.

13 Você não deu tempo suficiente para ver os resultados

Algumas pessoas têm resultados imediatos ao eliminar grãos e cereais, açúcar e óleos vegetais, enquanto outras pessoas levam um mês para se acostumar e, a partir daí, a perda de peso começa. De qualquer maneira, isto é um estilo de vida e acontece de acordo com cada biótipo.

Você não precisa recorrer a dietas loucas e ganhar todo o peso que perdeu. Comece com o pensamento correto, respeite os limites do seu corpo que os resultados aparecerão naturalmente.

14 Você não varia a sua rotina de exercícios

Pode não parecer, mas seu corpo é uma máquina bem inteligente. Se você sempre faz a mesma coisa sempre, seus músculos “memorizam” esses movimentos e não se tornam tão eficientes.

É importante estar constantemente fazendo mudanças, estimular os músculos de maneiras diferentes, para os resultados aparecerem. Isso significa mesclar alongamentos, treinos de resistência e aeróbicos.

treino-braco-halteres08

15 Tome café da manhã

Não tomar café da manhã é quase uma garantia de que você vai recuperar as calorias perdidas mais tarde, nas outras refeições, ou pior: que não consumirá as quantidades de calorias que precisa para se exercitar e praticar outras atividades do dia.

Isso pode ter efeito contrário em seu metabolismo, tornando-o mais lento e, em consequência, fazendo você ganhar peso em vez de perder. Em vez de pular a refeição, tente consumir mais proteína pela manhã, com alimentos como ovos, abacate ou uma torrada integral. Coma de 3h em 3h.

16 Você não levanta pesos suficientes

Uma vez que você já frequenta uma academia, lembre- se de usar pesos maiores e menos repetições (de 10 a 15) é melhor do que pouco peso e longas séries. Desafiar seus músculos constantemente, de forma segura, é o melhor atalho para ganhar mais massa magra e queimar a gordura.

deltoide-escultural07

 

Fonte: Bodybuilding com adaptação Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

3 AVALIAÇÕES MÉDIA 10.0

VEJA TAMBÉM