ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

A vida por meio do esporte

A atleta e colunista Vanessa de Almeida conta como foi a experiência e preparação para participar do campeonato Mundial de Powerlifting. Saiba agora!

Um ano atrás, no mês de novembro especificamente, faltava apenas um levantamento para que eu encerrasse o campeonato Mundial de Powerlifting, o famoso levantamento terra, e caso a minha adversária falhasse, eu seria a campeã e caso ela acertasse, eu seria a vice-campeã. E assim aconteceu, fiquei em 2º lugar.

Esta semana participei do campeonato Sulamericano e Panamericano de Powerlifting e faltando apenas um movimento para fechar o campeonato, o terra novamente, eu estava na mesma posição em que estive em novembro. Mas, com uma diferença: Se eu acertasse, seria a campeã independentemente se minha adversária falhasse ou não, e consegui, sou a Campeã Sulamericana e Vice-Panamericana.

Capeã Sul Americana e Vice Campeã Panamericana de Powerlift!

Campeã Sulamericana e Vice-Campeã Panamericana de Powerlift

Quando abaixou a adrenalina, algumas horas depois pude perceber a grandiosidade do que havia acontecido, ou seja, o esporte me colocou na mesma situação vivida um anos atrás, só que desta vez, na posição mais favorável.

Ali, eu consegui enxergar o quanto é importante saber tirar o melhor de cada situação, independentemente se ela é boa ou ruim. Depois da experiência do Mundial, por tão pouco ter deixado de ser campeã, ao invés de desanimar, eu me fortaleci. Passei a treinar ainda mais focada, ganhei o Brasileiro e agora conquistei esses dois títulos tão importantes.

Foco, disciplina e vontade de vencer, são três palavras que podem mudar a sua vida, não só no esporte, mas, em tudo aquilo que você se propor a realizar. O esporte nos ensina muitas coisas, é um grande laboratório se você souber aproveitar.

Infelizmente, vivemos em um país onde não há incentivo algum para qualquer outro esporte senão o futebol. Eu cheguei ao campeonato sozinha, sem técnico, sem equipe, sem ninguém, e logo que minhas adversárias perceberam que eu estava encostando nelas, começou a pressão e os olhares, não foi fácil.

Manter o controle, achar o equilíbrio mental, encontrar em você mesmo a voz que te encoraja que te ajuda a seguir é muito difícil, mas é possível! Tudo depende do quanto você quer algo, o quanto você quer vencer!

vanessa-almeida-campeonato05

Vanessa treinando para os campeonatos Sulamericano e Panamericano

Volto desta experiência realizada, satisfeita e principalmente com uma nova visão da vida pelo esporte, e que venham mais ensinamentos e novos desafios!

O que você achou do exemplo de superação de Vanessa de Almeida? Compartilhe com seus amigos!

Fonte: Vanessa de Almeida e Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

2 AVALIAÇÕES MÉDIA 10.0

VEJA TAMBÉM