ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Advogada emagrece 35 kg em um ano e meio

A advogada santista Tatiana Balula, 34 anos, emagreceu 35 kg em um ano e meio. Ela procurou um endocrinologista, fez vários exames e tinha duas opções: ou emagrecia ou operava o estômago. Escolhei mudar sua vida, começou a praticar exercício físico e a ter disciplina. Conheça sua história de força de vontade e superação.

Quando você resolveu começar a emagrecer?

Em maio de 2013 não estava me sentido bem, pois estava muito pesada e como tenho asma, estava tendo muitas crises e para cessar tomando corticóide, inchando ainda mais. E resolvi procurar um endocrinologista, fiz os exames de sangue de praxe e além dos 109 kg para 1.73 de altura, estava com pré-diabetes, colesterol alto, tireóide desregulada, tudo e mais um pouco. O Médico Dr. Charles Felix é o máximo, foi bem sincero e disse: “Ou você emagrece 30 quilos para ficar saudável de novo e não vai ser fácil ou você continua nessa batida de engordar mais 20 quilos e faz a cirurgia de estômago”. Fui para casa chocada, porque achava que só estava um pouco acima do peso.

Tatiana antes da reeducação alimentar

Tatiana antes da reeducação alimentar

Como foi esse processo?

Resolvi fazer a dieta indicada em agosto de 2013, como sou muito ansiosa, no inicio além das fórmulas com chá de sene, green tea, cavalinha, passiflora. Ele receitou remédio para ansiedade e uma dieta restritiva de 1.200 calorias diárias. O plano era emagrecer aos poucos. Como estava muito pesada e por causa da asma, ele só permitiu pequenas caminhadas para que não atacasse a asma e começasse a tomar novamente os corticóides que incham e aumentam o apetite. Para falar a verdade, nos primeiros dois meses não levei muito a sério, cortei refrigerante e guloseimas durante a semana, mas continuava comendo besteira no final de semana. Emagreci muito pouco, no retorno da primeira consulta eu tomei uma bronca que se queria me enganar ele não participaria, pois era melhor continuar sem levar a sério.

Resolvi levar o processo de emagrecimento a sério, passei a pesquisar em sites e adotei o suco verde no café da manhã, substitui o pão pela tapioca, cortei doces, chocolate, bebida alcoólica e frituras. Passei a realizar a dieta conforme recomendado, comecei a emagrecer e fui liberada para a prática dos exercícios físicos. Com a prática do exercício atrelada a alimentação, comecei a emagrecer rapidamente no início, depois começou a ficar mais difícil.

Hoje, ainda sigo a dieta com um pouco menos de restrição, no café da manhã: suco verde (couve, espinafre, gengibre, hortelã, abacaxi e maçã), depois de meia hora, duas torradas com chá verde/ou de hibisco; iogurte no intervalo da manhã; almoço: salada, arroz integral, legumes variados no vapor, carne, frango ou peixe grelhado; tarde: bolacha integral com chá, ou barra de cereal; jantar: ou lanche tapioca recheada com cottage e peito de peru ou pão integral com o mesmo recheio ou uma salada com atum. Não como chocolate, não tomo refrigerante, não adoço nada com açúcar. Doce uma vez por mês, sorvete só de frutas, bolachas só integrais, mais hoje respiro melhor, só tenho crise de asma esporádicas e geralmente de fundo emocional, não pelo cansaço. Pulei do manequim 52 para o 42.

Você procurou um nutricionista?

Não cheguei, o próprio endocrinologista encaminhou a dieta que depois adaptei realizando pesquisas em sites de emagrecimento.

Quais atividades físicas você pratica?

No começo caminhada, depois stand up paddle, cheguei a fazer pilates, musculação, corrida e zumba ao mesmo tempo. Hoje somente, pratico corrida e musculação, mas pretendo voltar para o stand up.

Você usa algum suplemento?

Não cheguei a usar.

Qual o seu objetivo de treino?

Hoje ainda realizo o aeróbico para perda de peso. E o restante e para fortalecimento dos músculos.

Quantos quilos você emagreceu até agora e até quanto pretende emagrecer?

No primeiro ano, entre agosto a dezembro de 2013, eliminei 20 quilos. No ano de 2014, a meta era perder mais 10 quilos conforme o estabelecido e mantê-los. Perdi nos primeiros seis meses 15 quilos e venho mantendo o peso. Ainda pretendo perder mais 5 quilos que são as gorduras localizadas mais difíceis de ir embora.

A advogada com menos 35 kg

A advogada com 35 kg a menos

Teve alguma história legal sobre o seu emagrecimento para nos contar?

Como os primeiros 20 quilos, foram perdidos num intervalo de tempo muito pequeno e algumas pessoas não me reconheceram, outras acharam que fiz cirurgia de estômago. Mas, a minha maior felicidade foi chegar em uma loja de roupas que frequentava, pedir uma roupa 46 em uma das mudanças de guarda-roupa e a vendedora me dizer que se eu não tinha percebido que não estava mais vestindo este tamanho, que ficaria muito grande, que ia buscar o 42 que com certeza serviria. Como dizem, uma das grandes felicidades é ouvir como você está linda e como você emagreceu, principalmente pelo processo que geralmente não é fácil. Se sentir mais bonita, voltar a ter auto estima é tudo muito especial.

Como você aconselha as pessoas a terem um Bom Corpo?

Primeira coisa, não desistir, no começo é muito difícil, pois é uma mudança de hábito. Ter foco e força, porque vale a pena, não só pela auto estima, mas pela qualidade de vida. Com a dieta e exercícios, minha pele mudou, voltei a sorrir mais, comecei a me sentir mais leve e isso se reflete não só externamente como também nas relações pessoais, familiares e no ambiente de trabalho.

Fonte: Tatiana Balula e Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

5 AVALIAÇÕES MÉDIA 10.0

VEJA TAMBÉM