ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Descubra a importância do descanso prolongado

Temos que ter equilíbrio entre a frequência de treinamento e os períodos de descanso são primordiais para obter bons resultados na musculação. Talvez tão importante quanto o treinamento em si é o descanso, período mais anabólico para o músculo, uma vez que fornecem os substratos necessários ele poderá realizar inúmeras sínteses e então fazer com que o músculo se torne ainda maior, mais potente e mais forte.

O descanso prolongado, muitas vezes ultrapassando aos sete dias normais de uma sessão de treino para outra. Esse descanso prolongado pode durar até meses entre um treino e outro.

Os descansos entre as sessões de treinamento são indispensáveis para todos que treinam. Depende das condições fisiometabólicas, do sistema de treino, do objetivo, da intensidade, esses dias de descanso de um grupamento muscular para que ele possa ser treinado novamente pode variar muito. Há pessoas que se beneficiam com 48h de descanso, outros com períodos maiores a 5 dias para treinar novamente aquele grupamento.

Além desse descanso, existem os descansos de “off”, que são dias em que não há treino. Dessa forma, não estamos apenas descansando um grupamento específico, mas o corpo inteiro. Dois  exemplos deste descanso são sistemas de treino 2X1, dois dias de treino por um de descanso e sistemas 5X2, propondo o descanso no sábado e domingo.

Benefícios de descansos prolongados para o praticante de musculação:

– Frequentemente ouvimos que um indivíduo tende a perder massa muscular, caso fique muito tempo sem treinar. Isso é verdade? Na realidade, pode ser verdade caso estejamos falando de ganhos não solidificados. São os de origem sarcoplasmática e/ou referentes a indivíduos que obtém ganhos muito rápidos na musculação, como alguns usuários de ergogênicos hormonais. Ganho solidificado diz respeito a ganhos miofibrilares, ou seja, não de conteúdo líquido celular, mas sim de síntese protéica, aumentando a fibra muscular.

Benefícios de descansos maiores dos treinamentos:

– Recuperação dos aspectos psicológicos: O primeiro fator importante são os aspectos psicológicos. Há pessoas com maiores e menores tendências a conseguir se manter em dieta e treinando adequadamente o ano todo e frequentemente. E não há nada de errado com isso, afinal mesmo amando algo, tudo que é em excesso e frequente se torna monótono. Assim, parando por algumas semanas conseguimos recuperar aquele desejo de voltar à ativa e isso torna-se algo motivador.

– Recuperação de ligamentos, articulações e tendões: Apesar da importância que esses possuem para os movimentos, estabilidade do corpo e outros, muitos não se atentam a sua existência. Além de treinos incorretos, a falta de descanso prolongado tende a prejudicar essas estruturas, que tendem a recuperar-se mais lentamente do que o músculo.

– Capacidade de melhor aproveitamento de nutrientes e melhores sínteses: Você já parou para pensar por que um iniciante costuma ter ganhos maiores do que um veterano? Normalmente, porque seu corpo não está adaptado a estímulos da musculação e então responde rápido a essa nova necessidade de adaptação. Quando paramos de treinar por certo tempo, a tendência é que o corpo responda mais rapidamente na volta, pois estará “menos adaptado” aos estímulos diversos.

Da mesma forma, nos aspectos dietéticos, quando propomos uma ingestão contínua de nutrientes protéicos e de carboidratos, a tendência é o corpo responder mais lentamente. Do contrário, “intercalando” ou propondo tempos sem essa mesma ingestão, certamente os aspectos relacionados a síntese protéica, sensibilidade à insulina e melhora na síntese de glicogênio são evidentes. Vale lembrar que isso pode aumentar o poder de queima de gordura corpórea.

– Supercompensação de glicogênio muscular: Quando paramos de treinar por alguns dias, a tendência natural do corpo é fazer com que o músculo supercompense o glicogênio perdido nos tempos de atividades físicas. Por exemplo, seguindo o princípio de vários dias sem a ingestão de sódio e posteriormente uma ingestão elevada de tal micronutriente, a tendência será uma maior armazenagem de água. Utilizando a supercompensação de glicogênio, perceberemos que a tendência da musculatura será aumentar consideravelmente de tamanho, uma vez que boa parte advir também da água trazida com o glicogênio.

– Melhora em dores crônicas: Quando treinamos intensamente e seguidamente a tendência do corpo é sofrer alguns desgastes por razões óbvias. Apesar desse aspecto receber atenção na musculação para que seja evitado, ele é inevitável em treinamentos muito intensos. Assim, propondo descanso prolongado conseguimos uma melhor recuperação das inúmeras estruturas do corpo, fazendo com que possíveis dores diminuam ou não venham aparecer.

– Controle ácido no corpo: A atividade física grandemente aumenta os níveis de ácidos em nosso corpo, como é o caso do famoso ácido lático após a glicólise. Esses ácidos influenciam negativamente na recuperação muscular e favorecem o estresse no corpo como um todo. Esses ácidos, inclusive, são grandes responsáveis pela fadiga muscular e pela diminuição no desempenho. Mesmo em níveis de recuperação, a tendência é que esses ácidos estejam relativamente altos na corrente sanguínea. Portanto é necessário diminuí-los ao máximo, favorecendo uma completa recuperação do corpo.

– Melhorias no sistema imunológico: A atividade física também é fortemente depressiva ao sistema imunológico. Devido aos processos inflamatórios e aos danos aos quais o corpo é submetido, esse sistema é um dos mais afetados. Diferente de outras estruturas, ele possui certo tempo maior de recuperação. O sistema imunológico é importante no combate aos danos causados pela atividade física e também auxilia nos processos inflamatórios do corpo, por isso é indispensável que ele esteja em dia para exercer suas devidas funções. Para tanto, é necessário que através da recuperação sua situação esteja conveniente a isso.

Respeitar o descanso é necessário para se conseguir um bom corpo.

Fonte: Dicas de Musculação com adaptação Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

20 AVALIAÇÕES MÉDIA 8.0

VEJA TAMBÉM