ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Como resolver a dor muscular pós-treino?

O colunista e dentista Daniel Machado (@drdanimachado) e a Dra. Roberta Rohde, médica, pós-graduanda em Nutrologia e maratonista, explicam como amenizar a dor muscular depois dos treinos.

Dr. Daniel Machado e Dra. Roberta Rohde

Dr. Daniel Machado e Dra. Roberta Rohde

Quem nunca amanheceu dolorido após um treino mais forte ou uma prova disputada no dia anterior? Essa dor é bem comum após treinos mais pesados.

A atividade física mais intensa causa acúmulo de acido láctico nos músculos e este provoca a dor. Mas ele não é o único responsável, já que é logo removido, sendo metabolizado em poucas horas após o término da atividade.

Os músculos sofrem micro-traumas e tentam reparar o dano sofrido se tornando mais fortes. Isso desencadeia um processo inflamatório com ápice em 24-48 horas.

A recuperação é tão importante quanto o treino e deve ocorrer, para que o progresso aconteça e para evitar lesões.

O que fazer quando aparece aquela dor muscular pós-treino?

1- Repouso/Recuperação ativa: Dormir bem e dar repouso adequado ao seu corpo podem ser o tratamento mais eficaz de todos. A recuperação ativa, que consiste em fazer um exercício leve durante a fase de recuperação, estimula o fluxo de sangue para os músculos, o que ajuda a reduzir a dor.

2- Hidratação: Beber bastante água ajuda a eliminar toxinas do seu corpo e prevenir a desidratação que piora a dor.

dor-muscular02

3- Alimentos que podem ajudar na recuperação pós-treino:

  • Alimentos ricos em potássio: Crucial para a função cardíaca e contração muscular. Exemplos: banana, laranja, feijão e batata.
  • Proteínas: “Tijolos” usados para a construção muscular. Alimentos ricos em proteínas ajudam a recuperar o dano muscular.
  • Abacaxi: Rico em uma enzima chamada bromelina, um anti-inflamatório natural que ajuda a tratar distensões, contraturas e contusões musculares.
  • Frutas vermelhas: Ricas em antioxidantes, que reduzem a inflamação.
  • Óleo de peixe: Contém elevado teor de ômega-3, que ajuda a reduzir a inflamação em articulações e músculos.

4- Outras dicas práticas:

  • Aplicação de gelo local, banho gelado, massagem, uso de roupas de compressão e alongamento podem ajudar.

dor-muscular03

  • Fisioterapia e acupuntura são ótimos aliados nos quadros mais crônicos – procure sempre um especialista na área!
  • Evite ao máximo os anti-inflamatórios. O uso indiscriminado pode fazer muito mal!

Curtiu as dicas do Dr. Daniel e da Dra. Roberta Rohde? Comente o que você achou aqui embaixo.

Fonte: Daniel Machado e Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

15 AVALIAÇÕES MÉDIA 9.6

VEJA TAMBÉM