ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Estudante emagrece 30 kg após ficar doente

A estudante de psicologia Fernanda Alvarenga Vieira, 21 anos, mora em Pouso Alegre-MG, e é vegetariana. Entenda como a jovem emagreceu 31,5 kg e ainda pretende eliminar mais 30 kg.

Quando você resolveu começar a emagrecer?

Eu nunca fui magra, mas também nunca fui obesa. Quando eu ainda estava na escola, praticava muito esporte, participava de campeonatos de handball e basquete, enfim era muito ativa e talvez por isso não engordasse tanto. Mas depois disso, eu tive uma depressão profunda, e com isso parei com as atividades físicas, adotando uma vida totalmente sedentária e para piorar a situação, fiz da alimentação minha válvula de escape. E como se não bastasse, tive sérios problemas de saúde, sendo preciso realizar uma cirurgia para a retirada de cálculos biliares. Com isso, comecei a tentar emagrecer e, sem obter sucesso, me encontrei presa em um baita efeito sanfona. Infelizmente, esses acontecimentos ainda não foram suficientes para uma tomada de consciência da minha parte que era preciso mudar para valer. Foi somente no final de julho do ano passado que a vida e suas surpresas me tiraram o chão e finalmente meus olhos se abriram. Sim, foi essa a sensação: de despertar. Ao receber o diagnóstico de esteatose hepática grau 3, fiquei pasma, revoltada e, principalmente, muito triste ao ver as consequências que meus maus hábitos estavam causando ao meu corpo. Então, transformei todos os sentimentos ruins de revolta em motivação para o meu processo de emagrecimento.

Como foi esse processo?

Nas primeiras vezes que eu tentei, era muito frustrante e cansativo. Fazia dieta por alguns meses, mas logo parava. Minha relação com a dieta nessa época era de obrigação, de uma coisa imposta e forçada. Óbvio que não duraria muito tempo. Em agosto do ano passado, quando decidi que seria para valer, não foi nada fácil. Além da nutricionista, eu também busquei ajuda de uma psicóloga, a Maria Eunice, que considero uma das principais pessoas responsáveis pelo meu sucesso neste processo. Outro fator responsável pelo meu sucesso foi, sem dúvidas, o apoio e incentivo da minha família. A primeira coisa que fiz foi cortar de vez refrigerantes e junkfoods (salgadinhos industrializados, bolachas recheadas), evitar ao máximo frituras e doces e substituir tudo que fosse possível por uma versão light ou integral. Aos poucos, fui experimentando e introduzindo novos alimentos, frutas, verduras e legumes a minha dieta. Hoje minha relação com alimentação é totalmente diferente, eu amo o que como e como o necessário.

Você procurou um nutricionista?

Sim, foi a primeira coisa que eu busquei fazer.  Por ser vegetariana em transição para o veganismo, achei que seria essencial a ajuda de um profissional para emagrecer com saúde. Porém, foi extremamente difícil encontrar um profissional especializado em alimentação vegetariana em uma cidade pequena do interior de Minas Gerais. Hoje faço acompanhamento com uma nutricionista, a Cristiane, que respeita minha opção alimentar e me ajuda em tudo que preciso. Ela conseguiu fazer com que eu me apaixonasse pelo processo e como consequência obter resultados.

Quais atividades físicas você pratica?

Antes de voltar a praticar qualquer atividade física, eu precisei emagrecer um pouco para não me lesionar ou prejudicar meu corpo de alguma forma. Atualmente, pratico boxe chinês duas vezes na semana e treinamento funcional também duas vezes por semana, alternando os dias.

Você usa algum suplemento?

Uso apenas a L-Carnitine antes das atividades físicas.

Qual o seu objetivo de treino?

Meu objetivo com a prática de exercícios nunca foi profissional, não treino para competições, mas sim por hobby e prazer. Meus objetivos são vários, quero mudar meu estilo de vida para sempre ter mais saúde, melhorar meu condicionamento físico, trazer mais equilíbrio para minha vida, além é claro, de perder peso e tonificar.

Quantos quilos você emagreceu até agora e até quanto pretende emagrecer?

Cheguei a metade do processo, totalizando 31,5 quilos eliminados até minha última pesagem. Pretendo chegar ao meu peso ideal e para isso ainda faltam 30 quilos.

O antes e depois da estudante de psicologia

O antes e depois da estudante de psicologia

Teve alguma história legal sobre o seu emagrecimento para nos contar?

Várias coisas interessantes já aconteceram sobre meu emagrecimento. A mais satisfatória, com certeza, foi a mobilização de toda a família para me ajudar nesse processo: a minha mãe e meu irmão que também embarcaram em uma reeducação alimentar. Meu irmão criou uma página no Facebook, com o objetivo de incentivar nós mesmos e outras pessoas, postando regularmente dicas para quem quer emagrecer; meu pai que me ajuda com a academia, meus avós que me ajudam a experimentar novos alimentos (comida de vó já é boa, light então…), meus tios e tias que me incentivam tanto ao ponto de me presentear com livro de receitas. Além da família, o apoio de amigos também foi incrível. Uma coisa que também achei muito interessante que aconteceu, foi ao postar em um grupo do Facebook sobre meu emagrecimento, várias pessoas vieram conversar comigo, me pedindo ajuda e dicas de como eu consegui emagrecer. Mas, o que mais me emociona é quando alguma pessoa me diz que servi de exemplo para a mudança dela.

Como você aconselha as pessoas a ter um Bom Corpo?

A primeira coisa é mudar a forma de pensar, saber que somos capazes de alcançar tudo que desejamos. Não negar ajuda, muitas vezes precisamos de acompanhamento profissional, seja de um nutricionista, psicólogo, educador físico ou médico. Não seguir nenhuma dieta maluca da moda, seja ela da lua, do sol ou dukan! Fazer trocas espertas (frituras por assados), substituir produtos por versões light e integral, beber muita água e não passar vontade. Está com muita vontade de tomar sorvete? Um picolé de fruta mata a vontade e não prejudica tanto a dieta como um pote de sorvete! Praticar atividade física, seja ela qual for, procurando aquela que mais a satisfaça e não fazer apenas por obrigação. Seguir e acompanhar sites e páginas em redes sociais sobre alimentação saudável, atividades físicas, receitas. Participar de fóruns e discussões, buscando conhecimento e dicas, trocando experiência com quem já passou por isso e com quem está querendo começar. O mais importante é nunca desistir! Nem sempre os resultados serão positivos, falhas vão acontecer, pessoas vão te desencorajar e também vai dar vontade de largar mão e desistir. Mas tudo passa, persistência e disciplina são a chave para o sucesso.

Fernanda transformou todos os sentimentos de revolta em motivação para o processo de emagrecimento

Fernanda transformou todos os sentimentos de revolta em motivação para emagrecer

Fonte: Fernanda Alvarenga e Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

9 AVALIAÇÕES MÉDIA 8.0

VEJA TAMBÉM