ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Mitos sobre aeróbico em jejum

Descubra a polêmica sobre o aeróbico em jejum.

O Aeróbico em Jejum (AEJ) é um assunto polêmico, alguns dizem que funciona, e funciona; outros não indicam por ser anti-fisiológico, pois além de algumas pessoas passarem mal, fatores hormonais como cortisol alto e GH baixo em situação de jejum, fará com que tenha um gasto de massa muscular e não de gordura.

O método consiste em acordar e ir direto praticar o treino aeróbico sem comer nada. A queima de gordura funciona da seguinte maneira: durante pelo menos 8 horas dormindo, seu corpo continua trabalhando sem se alimentar, portanto acaba utilizando as reservas de glicogênio, com a baixa reserva de glicogênio o corpo irá utilizar a gordura como fonte predominante na atividade aeróbica. Lembrando que o AEJ tem como objetivo apenas a queima de gordura, e não a melhora do rendimento. Segundo especialistas, é uma prática que ajuda a queimar mais gordura, mas também aumenta a perda de massa magra.

Para evitar o catabolismo muscular, a atividade não deve ser intensa e nem exagerar no tempo, é indicado o máximo de 40 minutos, se ultrapassar esse tempo o corpo corre risco de náuseas, desmaio e hipoglicemia. É recomendado para apenas atletas de alto desempenho, mas como ficou conhecido pela perda de gordura rápida, não demorou muito para milhares de pessoas aderirem a prática pelo Brasil.

Você já fez AEJ? Conte-nos como foi sua experiência!

XXXXXX

O mito do aeróbico em jejum (AEJ)

Fonte: Mundo Boa Forma com adaptação Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

8 AVALIAÇÕES MÉDIA 6.6

VEJA TAMBÉM