ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

O que são aminoácidos e para que servem?

Muito tem se falado sobre os aminoácidos, principalmente no mundo fitness. Vamos explicar o que são e para que servem em nosso corpo. Os esportistas são as pessoas que mais se beneficiam com a suplementação de aminoácidos, porque eles ajudam no reparo, crescimento e desenvolvimento do tecido muscular. Eles são essenciais para a produção de mais de 50 mil proteínas e mais de 15 mil enzimas, incluindo as enzimas digestivas, que devem estar em ótimo funcionamento para que você possa aproveitar ao máximo a sua alimentação e suplementação. Também influenciam no seu humor, na concentração, na agressividade, na atenção e no sono.

Depois que uma proteína é ingerida, as enzimas digestivas a quebram em aminoácidos. Os aminoácidos são, então, usados individualmente para a criação de novas proteínas e enzimas.

Os aminoácidos são micro estruturas orgânicas utilizadas pelo organismo, são indispensáveis na construção e manutenção de tecidos (como o tecido muscular). Além disso, servem para a formação de enzimas, anticorpos, hormônios, fornecimento de energia e também na regulação de processos metabólicos.

Existem dois grupos básicos de aminoácidos, aqueles que o corpo humano não pode sintetizar, isto é, produzir, e outro grupo para os aminoácidos que o organismo é capaz de produzir.

Os aminoácidos são chamados de essenciais, porque são indispensáveis pelo organismo. O corpo não consegue sintetizá-los, portanto, devem ser obtidos através da alimentação. Há nove elementos nesse grupo. São eles: Histidina; Isoleucina; Leucina; Lisina; Metionina; Fenilananina; Treonina; Triptofano e Valina.

Aminoácidos não-essenciais podem ser sintetizados quando a pessoa estiver saudável, não estando com nenhuma doença. Os elementos desse grupo são: Alanina; Arginina; Asparagina; Ácido Aspártico; Cisteína; Ácido Glutâmico; Glutamina; Glicina; Prolina; Serina e Tirosina.

Esses aminoácidos podem ser produzidos pelo corpo em situações normais. Entretanto, em casos como de doenças graves, o corpo pode não ser capaz de produzir alguns desses aminoácidos, o que leva a dividir o grupo de aminoácidos não-essenciais em dois grupos: o dos condicionalmente indispensáveis e o dos verdadeiramente dispensáveis.

No caso de algumas patologias e problemas fisiológicos, a produção dos aminoácidos condicionalmente indispensáveis pode acabar ficando prejudicada, sendo necessário ingeri-los pela alimentação: Arginina; Cisteína; Glutamina; Glicina; Prolina; Tirosina.

Os verdadeiramente dispensáveis são os aminoácidos que o corpo consegue produzir sem problemas, independente da situação. São eles: Alanina; Asparagina; Ácido Aspártico; Ácido Glutâmico; Serina.

As boas fontes de aminoácidos são as boas de proteínas também. Isso inclui os alimentos de origem animal (carne vermelha, de porco, de aves, ovos, leite, laticínios) e os alimentos de origem vegetal (leguminosas como o feijão, lentilha e tremoço, cereais como o arroz, a quinoa, a aveia, além de frutas apesar do teor reduzido e hortaliças).

legumes-fonte-proteinas

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

11 AVALIAÇÕES MÉDIA 7.8

VEJA TAMBÉM