ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Uso de halteres ou aparelhos na academia?

A fisiculturista e colunista Sarah Reis (@sarahreis_ifbb) comenta sobre o uso de halteres e aparelhos na academia. Tire todas as suas dúvidas sobre essa polêmica.

Olá, gente! Gostaria de tratar sobre um assunto que a galera sempre discute nas academias.

A maioria sempre acha que existe uma fórmula pronta para poder definir qual tipo de exercício seria o melhor. Uso de aparelhos ou halteres? Realizar treinos milagrosos? Será que existe isso mesmo?

A atleta Sarah Reis com uma anilha

A atleta Sarah Reis com uma anilha

Vamos por partes… A resposta vai depender do nível do praticante.

Os exercícios nos aparelhos conseguem isolar os músculos de forma muito eficaz e fazem o movimento de forma guiada para o aluno, melhorando a postura, diminuindo o risco de lesões e sendo mais fácil a realização e execução do movimento.

Visto desta maneira, o aluno iniciante terá uma necessidade maior da aplicação desses movimentos nos aparelhos para que se possa aprender corretamente a técnica de execução e depois então partir para os exercícios livres com halteres.

Os exercícios livres com halteres são excelentes para ativar os músculos agonistas (músculo alvo) e os sinérgicos (músculos auxiliares) sendo ótimos para o aluno que deseja um ganho maior de força e massa muscular.

Além disso, exigem uma maior concentração para manter o equilíbrio resultando em uma perfeição maior dos exercícios e um trabalho maior das articulações.
Porém, há a necessidade de um nível de treinamento mais avançado para esta aplicação. A parte ruim destes exercícios é que as chances de surgir lesões devido a má postura e uma técnica inapropriada de execução são muito grandes, por isso, é preciso estar consciente durante a realização do treino e utilizar uma carga que não prejudique o bom movimento.

E o aluno avançado?

Para este aluno os exercícios livres com halteres e em aparelhos são aplicados no mesmo treino, visto que, os livres vão dar volume, densidade, espessura e maturidade aos músculos, enquanto os aparelhos irão terminar de fadigar os músculos e isolar os mesmos tornando o treino mais eficaz quando se fala de treinamento de resultado e falha máxima.

E a mulherada, que adora treinar os membros inferiores?

Alguns trabalhos na literatura têm chamado atenção para uma variável muito interessante na musculação: incorporar treinos para grandes grupos musculares como membros inferiores (pernas) em todos os treinos.

A estratégia teria como objetivo otimizar os ganhos de força e hipertrofia através de um maior estresse metabólico e hormonal.

Ronnestad Nygaard e colaboradores submeteram 9 indivíduos a 11 semanas de treinamento para os músculos dos braços. Foram aplicados periodicamente treinos para pernas imediatamente antes dos treinos para braços, assim como treinos exclusivamente para braços sem trabalho de outro grupo muscular.

Os autores observaram que as concentrações de testosterona e GH foram significativamente incrementadas durante o treino de pernas + braços enquanto que nenhuma mudança hormonal ocorreu na sessão apenas para os braços.

A conclusão do estudo foi que realizar exercícios para pernas antes dos exercícios para braços induz ganhos superiores de força e hipertrofia muscular do que realizar uma sessão de treinos de braços de força isolada.

Então, não se esqueça de incluir em todos os treinos exercícios de grandes grupos musculares, como as pernas para potencializar ainda mais os seus resultados!

Porém, sempre procure uma boa orientação para realizar seus treinos de maneira correta. Essa é minha dica!

Bons treinos, pessoal!

Sarah Reis

Atleta Bikini Fitness – IFBB

sarah-reis-halteres-aparelho03

A fisiculturista participando de uma competição

Fonte: Sarah Reis e Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

6 AVALIAÇÕES MÉDIA 7.3

VEJA TAMBÉM