ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Vantagens em praticar HIIT

Queime gordura rápido e emagreça fazendo essa modalidade.

O HIIT acelera o metabolismo, aumenta a frequência cardíaca e assim o consumo de oxigênio, acelerando a queima de gordura.

Trata-se de exercícios anaeróbicos, aqueles com alta intensidade e curta duração onde se intercala alta intensidade de 15, 20 ou 30 segundos (com seu esforço máximo), depois descansa com baixa intensidade por uns 60 segundos, esse tempo poderá ser mais curto conforme o praticante for ficando mais condicionado.

As vantagens do HIIT em relação ao treino aeróbico contínuo são: maior queima de gordura, treino mais rápido, aumento do metabolismo em descanso, preserva mais a musculatura e ainda ajuda a promover o ganho de massa muscular, melhora a potência muscular e é rápido, tornando-o menos cansativo.

Por que devo praticar HIIT

HIIT tem os mesmos resultados que um cardio de longa duração, abrange os exercícios aeróbicos e anaeróbicos enquanto o cardio normal apenas o aeróbico.  Estudos comprovaram que 27 minutos de HIIT três vezes na semana tem os mesmos resultados que 60 minutos de cardio normal cinco vezes por semana.

Maior queima calórica, maior perda de peso, e o HIIT funciona porque queimar gordura exige oxigênio e quando mais oxigênio no corpo mais gordura queima. Um treino intenso aumenta a necessidade de oxigênio do corpo durante o esforço físico criando uma falta de oxigênio que vai exigir mais do corpo durante o descanso, ajudando a queimar mais gordura e calorias. Então um dos melhores efeitos de todo o esforço feito no HITT é de que vai continuar queimando calorias por 24 a 48 horas após o treino, e não apenas durante.

Perder gordura e não músculos, o HIIT da uma acelerada na produção natural do GH (hormônio do crescimento), que é essencial para uma saúde melhor, força e vigor, acelerando a perda de peso e o ganho de massa.

É uma atividade versátil, corrida, bicicleta, pular corda, todos servem para o HIIT, mas não é necessário nenhum aparelho para fazê-lo. Joelhos altos, pés rápidos ou qualquer coisa como fazer agachamento pulando servem para acelerar seu batimento cardíaco rapidamente.

Quebrar barreiras, forçar seu corpo e seu cérebro além da zona de conforto vai desenvolver uma adaptação mental e permitir que você se desafie durante os treinos e no seu dia a dia.

O HIIT chegou à indústria da malhação graças aos resultados benéficos estabelecidos em relatos não científicos e em estudos científicos publicados.

Os estudos que comparam o HIIT ao exercício contínuo constante mostraram que o HIIT é bem superior no quesito perda de gordura, embora dure menos tempo.

Um dos primeiros estudos a apontar que o HIIT era mais eficaz na perda de gordura foi realizado em 1994 por pesquisadores da Laval University. Eles descobriram que jovens de ambos os sexos que seguiram o programa HIIT de 15 semanas perderam muito mais gordura corporal do que aqueles que realizaram um programa de 20 semanas de exercícios contínuos constantes. Isso apesar de o programa de exercícios constantes ter queimado cerca de 15.000 calorias a mais que o programa HIIT.

fitness, sport, training, gym and lifestyle concept - group of smiling people exercising in the gym

Resultado das pesquisas:

Queime 2% de gordura corporal em 8 semanas – Um estudo de 2001 da East Tennessee State University, EUA, apontou descobertas semelhantes com indivíduos que seguiram o treinamento HIIT de 8 semanas, os indivíduos perderam 2% de gordura corporal, em relação aos que seguiram o programa de exercício contínuo constante – os indivíduos não apresentaram perda de gordura – na esteira ergométrica.

Perca 6 vezes mais gordura – Um estudo australiano indica que as mulheres que seguiram o programa HIIT de 20 minutos, com corridas de 8 segundos seguidas de 12 segundos de descanso, perderam seis vezes mais gordura corporal que o grupo que seguiu o programa de exercícios aeróbicos de intensidade constante de 60% da taxa cardíaca máxima.

A principal razão para o sucesso do HIIT na perda de gordura em um grau maior que os exercícios aeróbicos constantes parecem ser o maior aumento do metabolismo de descanso após o HIIT:

Sem descanso para o metabolismo – Um estudo de 1996 da Baylor College of Medicine indicou que indivíduos que seguiram o treinamento HIIT na bicicleta ergométrica queimaram mais calorias durante as 24 horas pós-treino do que aqueles que pedalaram em intensidade moderada e constante.

Perca 100 calorias a mais – Em um estudo apresentado na reunião anual da American College of Sports Medicine, da Florida State University, os pesquisadores indicaram que os indivíduos que seguiram o HIIT queimaram quase 10% mais calorias durante as 24 horas pós-treino do que aqueles que realizaram exercícios constantes, apesar de o total de calorias queimadas durante os treinamentos ter sido o mesmo.

Além do aumento do metabolismo de descanso, a pesquisa confirma que o HIIT é eficaz na melhoria da máquina metabólica das células musculares que promovem a queima da gordura e a produção de redutores de gordura:

Músculos para queimar gordura – O mesmo estudo da Laval University que indica uma diminuição da gordura corporal graças ao HIIT e também descobriu que as fibras musculares dos indivíduos que se submeteram ao HIIT tinham níveis bem mais elevados de oxidação lipídica (queima de gordura) do que os indivíduos submetidos ao exercício constante.

Reduza suas enzimas lipídicas – Um estudo da Norwegian University of Science and Technology indica que indivíduos com síndrome metabólica que seguiram um programa de HIIT de 16 semanas obtiveram uma diminuição de 100% do conteúdo da enzima lipídica de ácidos graxos em relação aos indivíduos que se submeteram a exercícios contínuos de intensidade moderada.

E outro modo que o HIIT parece agir é levar a gordura para onde será queimada definitivamente:

Use mais gordura como combustível do treinamento – Um novo estudo publicado pelo American Journal of Physiology mostra outro modo como o HIIT queima mais gordura corporal. Pesquisadores indicaram que 6 semanas de HIIT aumentaram a quantidade de proteínas especiais nos músculos que são responsáveis pelo transporte de gordura às mitocôndrias (onde a gordura é queimada como combustível) em até 50%. Ter mais dessas proteínas nos músculos significa que mais gorduras podem ser queimadas como combustível durante o treinamento e o descanso.

Fonte: Dicas de Musculação com adaptação Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

6 AVALIAÇÕES MÉDIA 8.5

VEJA TAMBÉM