ADICIONADO AOS FAVORITOS
CADASTRE-SE CLUBE DE COMPRAS DE SUPLEMENTO

PREENCHA SEU NOME

VOCÊ DESEJA ?
EMAGRECER
GANHAR MASSA

Você já conhece o treinamento isométrico?

O dentista fit e colunista Daniel Machado (@drdanimachado) explica tudo sobre o treinamento isométrico. Tire todas as suas dúvidas sobre esse treino.

Isometria consiste basicamente em manter o músculo em contratação, porém sem realizar movimentos articulares dinâmicos. A força interna produzida pelo músculo se iguala a resistência externa e não há movimentação das partes corporais. Isso consiste em carregar um peso mantendo o músculo tensionado sem levantá-lo ou abaixá-lo.

É perfeito para ganhar força e tônus muscular mais rápido não produzindo grandes hipertrofias musculares. Uma das principais vantagens desse tipo de treino é a diminuição da sobrecarga na articulação.

Para realizar os movimentos isométricos é preciso contrair os músculos, desenvolvendo certa tensão, de modo que não há nenhuma alteração no comprimento das fibras musculares. Muito comum em modalidades como Pilates e Yoga.

Pilates

Os movimentos isométricos são parecidos com os feitos no pilates

Não só pela diminuição da sobrecarga articular, os exercícios isométricos são de grande valia na tonificação da musculatura porque auxiliam na estabilização da articulação.

Assim, quanto mais fortes forem os músculos e tecidos ao redor das articulações, melhor irão suportá-las e protegê-las. Desta forma há prevenção devido a má postura e também na prática de esportes, geralmente os de mais impacto como a corrida.

A isometria é um recurso bastante utilizado na musculação

A isometria é um recurso bastante utilizado na musculação

Nesse treinamento estático, como assim também podemos chamar, ocorre a ação muscular, porém nenhuma alteração no comprimento total do músculo, ou seja, você faz força, mas continua parado. A isometria é um recurso bastante utilizado na musculação seja ela, para fins de hipertrofia, resistência muscular, recuperação e reabilitação do indivíduo. Você pode utilizar esse tipo de treinamento, combinando com exercícios dinâmicos o que traz alguns benefícios como: maior exigência do treinamento e possivelmente um gasto calórico maior também.

Exercícios isométricos são usados para evitar lesões

Exercícios isométricos são usados para evitar lesões

Os exercícios isométricos são bastante utilizados para se evitar lesões, quando já se tem um histórico medico do individuo, pelo fato de ser menos “lesivo” para as articulações. A falta de movimentos no exercício isométrico faz com que a articulação não seja tão forçada e com isso, ocorre à diminuição da sobrecarga articular, e ainda favorece o fortalecimento dos tendões e ligamentos. Esses pontos são os benefícios mais evidentes dos treinos isométricos, pois não somente serve para se evitar lesões quanto para a recuperação delas.

Existem dois tipos de treino isométrico:resistindo a uma carga e superando uma carga. No primeiro tipo, se utiliza uma carga inferior a 100% da carga máxima e se mantém estabilizado o movimento. Já no segundo tipo, ocorre a utilização de 100% da força máxima tentando mover um objeto que é imóvel. A variação para esse tipo de execução é o tempo além da carga, pois com o tempo você consegue mensurar a dificuldade do exercício. À variável tempo, influência a variável peso, pois se você aumentar a carga terá que diminuir o tempo e vice e versa.  Além do tempo, a angulação do movimento da articulação é outro ponto na qual o individuo deve manter a atenção além da postura e alinhamento do corpo.

A isometria reúne um grupo extenso de exercícios, mas uns dos pontos positivos desta prática é que muitas posições podem ser praticada em qualquer lugar e só necessitam do peso do próprio corpo. Neste último caso, porém, deve-se aumentar a duração de cada posição.

treinamento-isometrico-daniel-machado05

Além do tempo de duração de cada ação, é preciso atenção para o ângulo da articulação quando a ação é feita. Independente do seu treinamento, não descuide da postura e do alinhamento do corpo.

Exercícios isométricos não são recomendados para pessoas cardiopatas, hipertensa, tabagistas e crianças, pois o aumento da resistência muscular periférica em isometria faz com que a frequência cardíaca se eleve e a contração muscular estabilizada comprima os capilares aumentando assim a pressão arterial e forçando o coração.

Na dúvida procure sempre um médico e bons treinos com mais saúde e qualidade de vida.

CONSULTORIA MEDICAL BOUTIQUE

Email: personalguga@hotmail.com

Fonte: Daniel Machado e Bom Corpo.

AVALIE ESSE POST

AVALIAÇÃO REGISTRADA COM SUCESSO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RUIM

EXCELENTE

4 AVALIAÇÕES MÉDIA 10.0

VEJA TAMBÉM